Blog

Como a geração de conteúdo pode atrair o seu público-alvo?

Você pode não ser especialista na área, mas certamente já percebeu que a forma de se fazer marketing mudou muito nos últimos anos. O crescimento da internet, os smartphones e as redes sociais foram moldando nossas experiências de compra, e conquistar o consumidor passou a ir muito além de um discurso “o meu é melhor e tem melhor preço”. Nesse sentido, o marketing de conteúdo surgiu como uma estratégia essencial para quem deseja ter bons resultados em uma estratégia no ambiente online. Vamos saber um pouco mais?

Nesse post você verá:

  1. O que é marketing de conteúdo?

  2. O que é Inbound marketing?

  3. Funil de vendas

  4. Conteúdo relevante realmente gera resultados?

O que é marketing de conteúdo? 

O marketing de conteúdo busca atrair o consumidor através de conteúdos atraentes e relevantes para ele. Isso ajuda a aproximar você dos seus clientes, torna a sua empresa mais simpática e interessante, aumenta o seu potencial de engajamento e facilitada o seu processo de venda.

O que é Inbound marketing?

 Sabe aquela situação desagradável que é do nada ser abordado por uma pessoa na rua vendendo algo ou oferecendo um cartão que você não tem nenhum interesse? Pois é, isso é tudo que o inbound marketing não é e nem quer ser.

A estratégia inbound se baseia em se aproximar do consumidor aos poucos, conquistando sua confiança, se mostrando útil, demonstrando que vocês possuem afinidades e, através dessa relação, construir um consumidor fiel.

Funil de vendas

No inbound marketing geralmente usamos o conceito do funil de vendas e ele pode ser bem elucidativo para você entender como essa estratégia de conteúdo pode ser o pulo do gato para agarrar de vez o seu consumidor.

Funciona exatamente como um funil, com o topo sendo mais largo (com mais pessoas) e representando o início da caminhada até chegar ao fundo, que é quando a compra finalmente se concretiza. Vamos explicar um pouquinho sobre cada uma dessas etapas.

Topo do funil

O topo do funil é quando você oferece para o consumidor um conteúdo útil, fácil de ser entendido, algo que faça parte do universo dele e que dialogue, claro, com a sua área de atuação. É importantíssimo aqui não se atropelar e cair na tentação de falar sobre o seu produto.

Não é momento! Para explicar melhor, vamos a um exemplo simples: se você vende calçados para corrida, faça conteúdos abordando como começar a correr, como a corrida faz bem para a saúde, quais aplicativos ajudam a monitorar seu desempenho, etc. Assim, você estará se tornando uma fonte rica para seu consumidor, uma espécie de amigo que compartilha interesses com ele.

Na prática, o topo do funil bem feito pode fazer com que seu público-alvo se torne um leitor assíduo do seu blog, assine a sua newsletter, curta sua página ou siga o seu Instagram. Ou seja, você está estabelecendo canais de comunicação poderosos e férteis com pessoas estratégicas!

Meio do funil

Aqui já estamos com meio caminho andado. Você já introduziu alguns assuntos, se mostrou relevante e agora é a hora de se aprofundar nos temas, mostrar soluções, oferecer uma informação mais completa. Nesse ponto você pode investir em e-books e webinars, por exemplo.

Agora você já pode pensar em pedir algo em troca, como cadastrar um e-mail para o envio do conteúdo. Assim você terá capturado um contato importante, para o qual você pode abrir uma nova porta: e-mail marketing! Além disso, com dados preenchidos você pode fazer ações direcionadas, como em caso de aniversários. Um exemplo do meio do funil para o nosso cliente fictício de tênis de corrida seria um e-book com um guia completo de alimentação para corredores. Entendeu?

Fundo do funil

 Aqui é o momento do pulo do gato, em que você finalmente vai vender o seu peixe. No fundo do funil você pode abordar casos de sucesso relacionados ao seu produto, mostrar como ele é essencial, especial e útil.

Agora é o momento de colocar links diretos para compra e testes. Hora de vender!

 Se você captou a ideia corretamente, já percebeu que durante o funil você vai cada vez mais amarrando o seu processo de compra, mas sem ser invasivo.

Conteúdo relevante realmente gera resultados?

 Gera e muito! A prova disso é que, segundo pesquisa da Content Trends, 71% das empresas adotam fortemente a estratégia de marketing de conteúdo. Além disso, cerca de 81% dos consumidores fazem pesquisas on-line antes de realizar uma compra e, pensando nisso, é importante ressaltar que o conteúdo relevante é um dos principais fatores para que seu negócio apareça entre os primeiros resultados do Google. E aí, convenceu?

Quando falamos sobre marketing de conteúdo os assuntos são inúmeros, e vale a pena estudar e pensar com carinho em investir nessa área. O custo pode ser menor do que você imagina e o retorno pode ser grandioso. A criação e manutenção de blogs no seu site, por exemplo, talvez seja uma grande jogada.

Segundo pesquisa da HubSpot, cerca de 60% das empresas consideram ele a principal estratégia de marketing digital. Quer saber o motivo? Clique aqui e leia mais.

E, precisando de ajuda, podemos tomar um café e trocarmos aquela ideia sobre o seu negócio sem nenhum compromisso. Vamos juntos!

Fale Conosco

21 99377-2127
como-a-gerao-de-contedo-pode-atrair-o-seu-pblico-alvo-junt